PADRÃO APRESENTADO SLIDE 1 TÍTULO

VÁ PARA O BLOGGER EDITAR HTML E ENCONTRAR ESTE TEXTO E SUBSTITUIR PELA SUA DESCRIÇÃO DO POST EM DESTAQUE..... Mais informações »

PADRÃO APRESENTADO SLIDE 2 TÍTULO

VÁ PARA O BLOGGER EDITAR HTML E ENCONTRAR ESTE TEXTO E SUBSTITUIR PELA SUA DESCRIÇÃO DO POST EM DESTAQUE..... Mais informações »

PADRÃO APRESENTADO SLIDE 3 TÍTULO

VÁ PARA O BLOGGER EDITAR HTML E ENCONTRAR ESTE TEXTO E SUBSTITUIR PELA SUA DESCRIÇÃO DO POST EM DESTAQUE..... Mais informações »

PADRÃO APRESENTADO SLIDE 4 TÍTULO

VÁ PARA O BLOGGER EDITAR HTML E ENCONTRAR ESTE TEXTO E SUBSTITUIR PELA SUA DESCRIÇÃO DO POST EM DESTAQUE..... Mais informações »

PADRÃO APRESENTADO SLIDE 5 TÍTULO

VÁ PARA O BLOGGER EDITAR HTML E ENCONTRAR ESTE TEXTO E SUBSTITUIR PELA SUA DESCRIÇÃO DO POST EM DESTAQUE..... Mais informações »

17 abril, 2014

Ela pediu à Justiça registro de ligações de celular de duas regiões do DF.
Objetivo era identificar eventuais telefonemas para José Dirceu na prisão.

O Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) instaurou procedimento disciplinar para verificar se a promotora do Distrito Federal Márcia Milhomens cometeu irregularidade ao solicitar quebra de sigilo telefônico de região que inclui o Palácio do Planalto, local de trabalho da presidente da República, Dilma Rousseff. A ação foi aberta a pedido da Advocacia Geral da União (AGU).
O procedimento será conduzido pelo corregedor do conselho, o procurador Alessandro Tramujas Assad, que poderá pedir informações à promotora ou à Corregedoria do Ministério Público do DF.
Para verificar se o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu falou ao celular de dentro da prisão, a promotora pediu quebra de sigilo telefônico com base em coordenadas geográficas. Ela pleiteou que cinco operadoras de telefonia celular enviassem o registro de todas as ligações feitas e recebidas da Bahia em duas regiões geográficas. As coordenadas indicadas são Latitude -15º47'56.86" e Longitude -47º51'38.67", que segundo o Google Earth dá no Palácio do Planalto; e Latitude -15º55'04.51" e Longitude -47º47'04.51", na Papuda.
  •  
Coordenadas indicadas pela promotora no pedido de quebra de sigilo são do Palácio do Planalto, segundo o Google Earth (Foto: Reprodução / Google Earth)Coordenadas indicadas pela promotora no pedido de quebra de sigilo são do Palácio do Planalto, segundo o Google Earth (Foto: Reprodução / Google Earth)
A defesa do ex-ministro José Dirceu alertou o Supremo na semana passada que a região apontada no pedido do MP era o Palácio do Planalto, com base em laudo assinado por um engenheiro.
Nesta quinta (17), o jornal "Folha de S.Paulo" informou que, segundo técnicos da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), a quebra de sigilo incluiria ainda o Congresso Nacional e o próprio Supremo, já que as antenas das operadas abrangem uma área ampla. A Anatel não confirmou os dados e o MP do DF informou que a promotora só se manifestará sobre o tema nos autos do processo.
O advogado José Luís de Oliveira Lima, que defende Dirceu, criticou o pedido do MP. "É a demonstração cabal do abuso e da devassa ilegal pretendida pelo Ministério Público", disse ao G1.
O pedido da promotora foi feito à Vara de Execuções Penais do DF no fim de fevereiro, que repassou para o Supremo Tribunal Federal (STF) em março. Na terça-feira (15), o presidente do STF, Joaquim Barbosa, enviou o caso para parecer do procurador-geral da República, Rodrigo Janot. Depois que Janot opinar, Joaquim Barbosa terá que decidir sobre o pedido.
Como o Palácio do Planalto é o local de trabalho do presidente da República, somente o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, poderia fazer um pedido semelhante, de quebra de sigilo telefônico que poderia atingir a presidente Dilma Rousseff. Uma promotora do DF, portanto, não teria competência para fazer o pedido. Além disso, ela não citou no documento enviado à Justiça que queria obter dados do Palácio do Planalto.
Nem AGU nem CNMP informam os argumentos da AGU contra a promotora, uma vez que o caso corre em sigilo no conselho.

Trabalho externo
Na segunda (14), o procurador-geral opinou para que Dirceu possa trabalhar, uma vez que sindicância interna do presídio não comprovou uso do celular. Sem citar o pedido de quebra de sigilo, Janot diz não ver necessidade de novas medidas para apurar se a ligação telefônica de fato ocorreu.
Dirceu cumpre pena de 7 anos e 11 meses por corrupção ativa em regime semiaberto, quando é permitido pedir autorização para sair do presídio durante o dia para trabalhar.
A análise de benefícios externos a Dirceu, porém, foi suspensa em razão das suspeitas de uso de celular dentro da prisão. Barbosa decidirá se Dirceu cometeu ou não falta grave e se poderá ter direito a benefícios.
José Dirceu apresentou proposta para trabalhar no escritório do advogado José Gerardo Grossi. Entre as funções que deverá exercer, conforme a proposta de Grossi, está a de "cuidar" da biblioteca do escritório, realizar "eventual pesquisa de jurisprudência" e colaborar “na parte administrativa".
O salário oferecido é de R$ 2,1 mil. Anteriormente, Dirceu havia desistido de trabalhar como gerente de um hotel em Brasília com salário de R$ 20 mil.

Fonte: G1
Informação: Telenoticias Mundial

 

Wilde pediu demissão após suspeita de receber de empresa de fachada.
Em carta, ele disse que prestou serviço a outra empresa não investigada.

O assessor especial José Wilde, que trabalhava no gabinete do ministro da Previdência, Garibaldi Alves, pediu demissão na manhã desta quinta-feira (17). Segundo reportagem publicada pela revista "Veja", com base em investigação da Polícia Federal, ele recebeu um repasse de R$ 20 mil da empresa M.O Consultoria, ligada ao doleiro Alberto Youssef – um dos alvos da Operação Lava Jato, que apura suposto esquema de lavagem de R$ 10 bilhões.
O doleiro está preso há quase um mês. Segundo relatórios da Polícia Federal, a M.O Consultoria foi criada por Youssef e movimentou R$ 90 milhões entre 2009 e 2013. Procurado pela reportagem da TV Globo, Wilde não retornou às ligações.

Na carta de demissão, Wilde negou ligação com a empresa. Disse que no fim de 2010, antes de ser nomeado assessor no Ministério da Previdência, prestou serviço de assessoria a uma empresa paulista que não está sendo investigada na operação. Ele não informou o nome da empresa e disse que não tinha como saber de "eventuais relações entre empresas, suas coligadas e outras companhias".

Ele afirmou que as atividades eram prestadas de forma esporádica e legal. "Especialmente neste caso, em que prestei serviços lícitos, não sendo de meu dever pesquisar a origem de recursos que, também licitamente, me foram destinados". Wilde concluiu a carta de demissão afirmando que sai para afastar o ministro de cobranças indevidas e para poder se defender.
Leia a íntegra da carta de demissão:
Senhor Ministro Garibaldi Alves Filho,

Meios de comunicação social divulgaram a informação de que eu teria recebido recursos financeiros da empresa M. O Consultoria, investigada na Operação Lava Jato da Polícia
Federal.

Não tenho, nem nunca tive qualquer ligação com a empresa citada nas reportagens. É fato, porém, que no final de 2010, antes de ser nomeado para o Ministério da Previdência Social, prestei serviço de assessoria de imprensa a uma companhia paulista, que não esta ora investigada.

A firma para
qual prestei essa assessoria - obviamente com cláusula de confidencialidade, como comum nessas questões de tratamento de imagem pública - desempenhava atividades legais no mercado.

A propósito, esse trabalho esporádico que então desempenhei não me permitiu tomar conhecimento de eventuais relações entre empresas, suas coligadas e outras companhias.

Causa-me, portanto, perplexidade e justa indignação por qualquer insinuação da mais remota ligação minha com pessoas ou organizações envolvidas em negócios escusos, especialmente neste caso, em que prestei serviços lícitos, não sendo de meu dever pesquisar a origem de recursos que, também licitamente, me foram destinados.

Sei, entretanto, que o julgamento não é só de Vossa Excelência, que conhece minha inteireza moral há décadas, e disso tem dado testemunho, o que muito me desvanece e conforta neste momento de sugestões gratuitas e injustas.

Mas, repito, o julgamento não é só de Vossa Excelência, que tem, como também eu, responsabilidades públicas a preservar. Assim, para afastá-lo de pronto de cobranças indevidas, e para que eu possa defender minha honra longe de deveres funcionais, peço exoneração, em caráter irrevogável, do cargo de Assessor Especial do Ministro, que exerço no Ministério da Previdência Social.

Reiterando minha admiração, respeito e meu afeto por Vossa Excelência, aguardo serenamente o julgamento isento dos fatos.

José Wilde de Oliveira Cabral

Fonte: G1
Informação: Telenoticias Mundial


 

Ela venceria no 1º turno contra Aécio e Campos ou contra Aécio e Marina.
Pesquisa foi realizada entre quinta (10) e segunda (14) em 140 municípios.

As intenções de voto na presidente Dilma Rousseff (PT) variaram de 40% em março para 37% neste mês, mas ainda assim ela venceria a eleição no primeiro turno se tivesse hoje como adversários Aécio Neves (PSDB) e Eduardo Campos (PSB) ou Aécio Neves e Marina Silva (PSB), além de outros sete candidatos de pequenos partidos, informa pesquisa Ibope divulgada nesta quinta-feira (17).
Um candidato vence uma eleição no primeiro turno quando a soma dos votos válidos dos rivais é inferior ao total de votos que ele recebeu. Para a Justiça Eleitoral, os votos válidos excluem brancos e nulos. As candidaturas para a eleição 2014 somente serão oficializadas em junho, mês em que os partidos terão de realizar convenções para escolher os nomes que concorrerão.
De acordo com o Ibope, Dilma acumula 37% tanto no cenário com Aécio e Campos quanto no cenário com Aécio e Marina – na última segunda-feira (14), o PSB anunciou a chapa com o ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos como pré-candidato a presidente e a ex-senadora Marina Silva como vice. Até 20 dias do primeiro turno da eleição, marcada para 5 de outubro, os partidos podem trocar de candidato.
No primeiro cenário, com Eduardo Campos, os números são os seguintes:
- Dilma Rousseff (PT): 37%
- Aécio Neves (PSDB): 14%
- Eduardo Campos (PSB): 6%
- Pastor Everaldo (PSC): 2%
- Denise Abreu (PEN): 1%
- Randolfe Rodrigues (PSOL): 1%
- Eymael (PSDC): 0%
- Levy Fidélix (PRTB): 0%
- Mauro Iasi (PCB): 0%
- Eduardo Jorge (PV): 0%
- Brancos e nulos: 24%
- Não sabe/não respondeu: 13%
No segundo cenário, com Marina Silva como candidata do PSB, os percentuais são:
- Dilma Rousseff (PT): 37%
- Aécio Neves (PSDB): 14%
- Marina Silva (PSB): 10%
- Pastor Everaldo (PSC): 2%
- Denise Abreu (PEN): 1%
- Randolfe Rodrigues (PSOL): 1%
- Eduardo Jorge (PV): 1%
- Eymael (PSDC): 0%
- Levy Fidélix (PRTB): 0%
- Mauro Iasi (PCB): 0%
- Brancos e nulos: 23%
- Não sabe/não respondeu: 12%
A pesquisa ouviu 2.002 pessoas com mais de 16 anos em 140 municípios entre as últimas quinta (10) e segunda (14). A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos – isso significa que a intenção de voto em um candidato com 10%, por exemplo, pode variar entre 8% e 12%. O levantamento tem nível de confiança de 95% e está registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o protocolo BR-00078/2014.

Trio de candidatos
O Ibope também testou cenários em que apresentou aos eleitores uma lista somente com os prováveis candidatos de PT, PSDB e PSB, sem os nomes dos postulantes dos pequenos partidos.
Com Dilma, Aécio e Eduardo Campos, a presidente somaria 39%, contra 16% e 8% dos outros dois, respectivamente. Brancos e nulos seriam 26% e não sabe/não respondeu, 11%.
Contra Aécio e Marina, Dilma teria os mesmos 39%. O tucano com 15% e Marina, com 13%. Brancos e nulos somariam 23% e não sabe/não respondeu, 10%.
Por região
A pesquisa indica que, por região do país, o melhor desempenho de Dilma está no Nordeste, onde ela aparece com 51% das intenções de voto. O pior é na região Sul (29%). Aécio tem o melhor índice no Sudeste (20%), onde Dilma acumula 31%. A região onde o tucano tem menos intenções de voto é o Nordeste (8%). Eduardo Campos tem mais preferências no Nordeste (10%). Nas demais regiões (Norte/Centro-Oeste, Sudeste e Sul), aparece com 4% em cada uma.
No cenário com Marina, Dilma tem mais intenções de voto no Nordeste (53%) e menos no Sul (28%). Nesse cenário, Aécio tem 19% no Sudeste e 7% no Nordeste. Marina Silva tem o melhor desempenho no Sul (14%) e o pior, no Norte/Centro-Oeste e no Sudeste (9% cada).
Por renda
Por critério de renda, a pesquisa mostra que Dilma tem a taxa mais elevada entre os que ganham até um salário mínimo (52%) e a mais baixa entre os que ganham mais de cinco salários mínimos (26%). O desempenho de Aécio é o inverso – o tucano tem mais preferências na faixa de mais de cinco mínimos (26%) e menos na de até um salário mínimo (7%). Eduardo Campos tem as intenções de voto mais distribuídas entre as faixas de renda: 6% (mais de cinco mínimos), 4% (de dois a cinco); 6% (de um a dois); 8% (até um).
No cenário com Marina no lugar de Campos, Dilma tem 54% entre os que ganham até um mínimo e 26% na faixa de mais de cinco mínimos. Aécio tem 23% (mais de cinco mínimos) e 7% (até um salário mínimo). Marina Silva alcança a taxa mais alta entre os de renda mais elevada (14% entre os que ganham mais de cinco mínimos) e a mais baixa entre os de renda de até um mínimo (7%).
Espontânea
Na parte da pesquisa que afere a opção do eleitor sem que tenha sido apresentada a ele uma lista de possíveis candidatos, 23% disseram espontaneamente que votarão em Dilma; 7% em Aécio; 6% em Lula; 4% em Marina; 2% em Eduardo Campos; 1% em José Serra; e 2% em outros candidatos com menos de 1% das intenções de voto. Na pesquisa espontânea, brancos e nulos somam 19% e não sabem/não respondeu, 37%.

Fonte: G1
Informação: Telenoticias Mundial

 

Menor teria 14 anos e disse à polícia que os dois teriam brigado.
Caio Henrique, de 4 anos, foi encontrado morto em casa, na Maré, Rio.

 

 

O menor de 14 anos detido como o principal suspeito de ter matado Caio Henrique, de 4 anos, encontrado morto nesta quinta-feira (17) dentro da máquina de lavar da casa dele, na Baixa do Sapateiro, no Conjunto de Favelas da Maré, Zona Norte do Rio, confessou o crime. Segundo Delmir Gouveia, delegado titular da 21ª DP (Bonsucesso), para onde o adolescente foi levado, o garoto, que é parente da vítima, disse que "perdeu a cabeça" durante uma 


Ainda de acordo com o delegado, ele deu quatro facadas no peito da vítima, enrolou o corpo em um edredon e colocou na máquina de lavar. “A mãe não estava na hora que tudo aconteceu. Ninguém ouviu nada, até porque estava tendo uma manifestação na rua e a casa fica no alto. O parente da vítima diz que perdeu a cabeça depois de uma discussão”, explicou o delegado.
Caio estava desaparecido desde quarta-feira (16). Agentes da Polícia Civil disseram que a casa onde o parente estava foi cercada por moradores da Maré, revoltados com o crime. Dezenas de militares foram mobilizados para tirar o menor do local e o transportaram em um tanque do Exército até a delegacia. O caso foi encaminhado para a Divisão de Homicídios.
Marca de cortes
Inicialmente, foi dito que Caio estava amarrado na máquina de lavar quando foi encontrado. O delegado que acompanhou a perícia, no entanto, negou a informação e disse que o corpo tinha marcas de corte, provavelmente de faca ou canivete.
Enquanto prestava queixa sobre o desaparecimento do filho na delegacia, a cozinheira Vanessa Lima dos Santos, de 31 anos, recebeu a notícia de que o corpo da criança havia sido encontrado em casa e entrou em desespero. Mãe de cinco filhos, Vanessa contou que passou a madrugada desta quinta à procura do caçula.
Vanessa disse que viu o filho pela última vez brincando próximo de casa, nesta quarta (16). "Ele estava sob os meus olhos, brincando com outras crianças. Estava tendo um protesto lá e alguém soltou uma bomba. Ele correu com as outras crianças. Mas ele não correu na minha direção, nem foi pra casa", disse.
Ela contou que parentes e amigos se mobilizaram nas buscas pelo menino Caio, inclusive divulgando fotos de Carlos Henrique nas redes sociais. "Eu nunca vivi algo parecido. Por isso que está doendo demais", desabafou.
Menino desapareceu após protesto na Maré, na quarta-feira (Foto: Daniel Silveira / G1)Menino desapareceu após protesto na Maré na quarta-feira (Foto: Daniel Silveira / G1)

Fonte: G1
Informação: Telenoticias Mundial

Nobel de Literatura, escritor faleceu nesta quinta-feira (17) aos 87 anos.
Autor colombiano ficou internado com infecção respiratória e pneumonia.

 

Os restos mortais do Nobel de Literatura colombiano, Gabriel García Márquez, falecido nesta quinta-feira (17) aos 87 anos, já estão em uma funerária do sul da Cidade do México, onde o corpo será velado.
Com dificuldades para passar pelo batalhão de jornalistas de plantão, o carro fúnebre partiu da casa do escritor acompanhado de três viaturas policiais e fez um breve trajeto até a funerária J. García López, que fica próxima, localizada no bairro de San Ángel.
VALE ESTE - Linha do tempo - Gabriel García Márquez (Foto: G1)
O falecimento do escritor aconteceu às 14h (16h de Brasília), segundo o Conselho Nacional para a Cultura e as Artes do México (Conaculta).
A mulher de Gabo, Mercedes Barcha, e seus filhos, Rodrigo e Gonzalo, ainda não emitiram declarações.
Vários amigos da família entraram na casa, além da imprensa, entre eles o escritor e fotógrafo colombiano Guillermo Angulo.
A assistente-executiva Mónica Hérnandez, de 28 anos, foi a primeira de uma imensa legião de admiradores de García Márquez a deixar flores --um ramo de margaridas-- na frente da casa. "É um dos meus autores favoritos. Vim demonstrar meu respeito", afirmou.
Na próxima segunda-feira (21), autoridades mexicanas farão uma homenagem nacional ao escritor no Palácio de Belas Artes. O anúncio foi feito pelo presidente do Conselho Nacional para a Cultura e as Artes de México (Conaculta), Rafael Tovar, em seu perfil no Twitter.
Gabriel García Márquez ficou internado com pneumonia e infecção respiratória na Cidade do México, onde morava, entre o fim de março e início de abril. Ele estava em casa e lutava contra um câncer linfático desde 1999.
Considerado um dos mais importantes escritores do século 20 e um dos mais renomados autores latinos da história, Gabriel García Márquez nasceu em 6 de março de 1927, em Aracataca, na Colômbia. Chegou a estudar direito e ciências políticas na Universidade Nacional da Colômbia, mas não concluiu o curso, preferindo iniciar carreira no jornalismo.
O sucesso internacional, no entanto, veio principalmente após a publicação de seu romance mais famoso, “Cem anos de solidão”, em 1967.
A obra-prima de García Márquez vendeu, até hoje, mais de 50 milhões de exemplares.
É considerado, ao lado de “Dom Quixote”, de Miguel de Cervantes, um dos livros mais importantes da literatura em língua espanhola.
Foi traduzido para 35 idiomas. Exemplo máximo do realismo fantástico – gênero característico do boom latino-americano da segunda metade do século XX –, “Cem anos de solidão” se passa na fictícia aldeia de Macondo e acompanha, ao longo de gerações, a saga da família Buendía.

Fonte: (Agência AFP com G1)
Informação: Telenoticias Mundial

 

Fontes ouvidas pela agência de notícias EFE relatam rivalidade.
Motivo da disputa não foi revelado, porque eles não comentavam assunto.

 

Março de 2014 - O escritor ganhador do Nobel da Literatura Gabriel García Márquez  cumprimenta jornalistas à porta de sua casa na Cidade do México no seu aniversário, no dia 6 de março (Foto: Edgard Garrido/Reuters)Em março de 2014, Gabriel García Márquez cumprimenta jornalistas à porta de sua casa na Cidade do México no seu aniversário (Foto: Edgard Garrido/Reuters)
Um soco quebrou, há quase 40 anos, a amizade de Gabriel García Márquez e Mario Vargas Llosa, e o incidente deu lugar a uma lenda que engrandeceu, se é que isso é possível, as figuras dos dois escritores, ambos vencedores do Prêmio Nobel de Literatura e gênios das letras latino-americanas. Os romancistas, que se conheceram na Venezuela em 1967, protagonizaram uma das rivalidades mais famosas no mundo literário desde que, em 1976, no México, Vargas Llosa deu um soco no rosto de seu então amigo na frente de testemunhas. García Márquez morreu nesta quinta-feira (17) após luta contra câncer linfático.
Dezembro de 1982 - Gabriel García Márquez recebe o Prêmio Nobel de Literatura das mãos do rei da Suécia, Carl Gustaf, em cerimônia no Concert Hall em Estocolmo (Foto: AP/Arquivo)Em 1982, Gabriel García Márquez recebe o Prêmio
Nobel de Literatura das mãos do rei da Suécia, Carl
Gustaf, em cerimônia no Concert Hall em Estocolmo
(Foto: AP/Arquivo)
O motivo da disputa é um mistério desde então porque os escritores mantiveram um pacto de silêncio de cavalheiros. Isso não impede que haja versões sobre as causas que teriam provocado o desencontro e a ruptura de uma amizade que não surge com facilidade no mundo das letras. Rodrigo Moya, amigo de Gabo, publicou em 2007 um artigo e fotos do incidente no mesmo dia no qual o autor de "Cem anos de solidão" completava 80 anos e nas quais aparecia com o olho esquerdo roxo.
Fotógrafo mexicano de origem colombiana, Moya contou que havia registrado a imagem em 14 de fevereiro de 1976, dois dias depois do incidente, porque García Márquez queria ter "uma constância" daquela agressão. O fotógrafo perguntou então ao escritor o que tinha acontecido, e este foi "evasivo" e atribuiu a agressão "às diferenças" que já eram insolúveis na medida em que o autor peruano "se somava a ritmo acelerado ao pensamento de direita". Foi Mercedes Barcha, esposa de "Gabo", que fez o comentário mais eloquente: "Mario é um ciumento estúpido", disse ela, segundo o fotógrafo.
Escritor peruano Mario Vargas Llosa recebe prêmio Carlos Fuentes das mãos do presidente mexicano Felipe Calderon na Cidade do México nesta quarta (21) (Foto: Pedro Pardo/AFP)Escritor peruano Mario Vargas Llosa recebe prêmio
Carlos Fuentes das mãos do presidente mexicano
Felipe Calderon na Cidade do México
(Foto: Pedro Pardo/AFP)
"Enquanto os dois casais viviam em Paris, os García Márquez tinham tentado mediar nos distúrbios conjugais entre Vargas Llosa e sua esposa, Patricia, ouvindo suas confidências", afirmou Moya. A versão do jornalista hispânico-peruano Francisco "Paco" Igartua, a que mais força ganhou com o passar dos anos, remete também a uma origem em divergências sentimentais entre Vargas Llosa e sua mulher. O britânico Gerald Martin, na biografia "Gabriel García Márquez: uma vida", dá pista para solucionar o enigma: Vargas Llosa disse ao colombiano: "isso é pelo que você disse a Patricia" ou "isso é pelo que você fez a Patricia".
Ángel Esteban e Ana Gallegos, catedráticos de Literatura da Universidade de Granada e autores de "De Gabo a Mario", se somam à tese de que a briga foi originada por uma "questão pessoal", mas sugerem além disso "diferenças ideológicas".
Vargas Llosa e García Márquez coincidiram nos anos 70 em Barcelona, uma época, segundo Pilar Donoso, filha do autor chileno José Donoso, que foi "especial para ambos". Lá, os filhos de ambos brincavam juntos e formavam "uma verdadeira família". Barcelona é a cidade na qual se cruzam as corridas no plano editorial de García Márquez e Vargas Llosa pelas mãos de Carmen Balcells, a agente mais importante de literatura em língua espanhola.
O catedrático de Filologia Românica da Universidade Complutense de Madri José Manuel Lucía lembrou em entrevista à Agência Efe que nenhum deles abandonou "os serviços nem a amizade" de Balcells, apesar da desavença. "São muito diferentes", disse Peter Landelius, um especialista em narrativa hispano-americana que é o tradutor de ambos para o sueco.
Embora a reconciliação tivesse sido "muito desejável" pela "magnitude literária" dos dois, segundo o também especialista em literatura hispano-americana Eduardo Becerra, o certo é que o abraço da reconciliação jamais aconteceu.
Pêsames
Após a morte de García Márquez, Vargas Llosa falou à emissora de TV peruana Canal N. “Morreu um grande escritor cujas obras deram grande difusão e prestígio à literatura de nossa língua. Seus livros o sobreviverão, continuarão a ganhar leitores. Envio meus pêsames a sua família", disse o escritor.
A emissora conversou ainda com o filho do peruano, o também escritor e jornalista Álvaro Vargas Llosa. "Meu pai e toda minha família admiramos García Márquez e seguiremos lendo suas obras e admirando seu trabalho", afirmou, por telefone.
"García Márquez é uma das poquíssimas figuras latino-americanas do século 20 que alcançou a imortalidade de alguma forma, este é um clichê importante, mas em seu caso era certo. Ele era um gênio, com um talento muito pouco comum, que não somente soube aproveitar o que tinha de inato, mas absorveu tudo de bom da literatura universal", acrescentou Álvaro.
O jornalista não quis falar sobre a briga entre Márquez e seu pai. "Ambos disseram que os deixariam (os detalhes) para suas memórias. Espero com curiosidade esse relato, mas meu pai foi um grande admirador a vida inteira. Eu me lembro de muitas cenas de quando era criança, de meu pai lendo García Márquez", concluiu.

Fonte: (Agência EFE com G1)
Informação: Telenoticias Mundial

 

Ele é autor de 'Cem anos de solidão' e 'O amor nos tempos do cólera'.
Escritor colombiano morreu nesta quinta (17), aos 87 anos, no México.

 

O escritor colombiano Gabriel García Márquez morreu aos 87 anos, nesta quinta-feira (17), na Cidade do México. Considerado um dos mais importantes escritores do século 20 e um dos mais renomados autores latinos da história, García Márquez ganhou sucesso internacional após a publicação do romance "Cem anos de solidão", em 1967.
Entre seus títulos mais conhecidos estão ainda "A incrível e triste história de Cândida Eréndira e sua avó desalmada", "O outono do patriarca", "Crônica de uma morte anunciada", "O amor nos tempos do cólera", "Do amor e outros demônios" e "Memórias de minhas putas tristes".

Abaixo, veja os cinco livros essenciais para entender Gabriel García Márquez:
Capa de 'Cem anos de solidão' (Foto: Divulgação)

1. "Cem anos de solidão" (1967)

A obra-prima de García Márquez vendeu, até hoje, mais de 50 milhões de exemplares. É considerado, ao lado de “Dom Quixote”, de Miguel de Cervantes, um dos livros mais importantes da literatura em língua espanhola. Foi traduzido para 35 idiomas. Exemplo máximo do realismo fantástico – gênero característico do boom latino-americano da segunda metade do século XX –, "Cem anos de solidão" se passa na fictícia aldeia de Macondo e acompanha, ao longo de gerações, a saga da família Buendía.


Capa de 'O amor nos tempos do cólera' (Foto: Divulgação)
2. "O amor nos tempos do cólera" (1985)

"Foi a época em que fui quase completamente feliz. Gostaria que minha vida tivesse sido como naqueles anos em que escrevi 'O amor nos tempos do cólera'", afirmou García Márquez ao “New York Times” três anos após a publicação do romance. Aqui, o autor resgata a verdadeira história da paixão de seu pai, também Gabriel, por Luiza, sua mãe. O pai dela reprovava a relação e conspirava contra. No livro, o casal se chama Florentino e Fermina. "Todas essas coisas para mim são parte da nostalgia. Nostalgia é uma fonte incrível para inspiração literária, para inspiração poética”, comentou na mesma entrevista ao “New York Times".


Capa de 'Crônica de uma morte anunciada' (Foto: Divulgação)


3. "Crônica de uma morte anunciada" (1981)
“No dia em que o matariam, Santiago Nasar levantou-se às 5h30 da manhã para esperar o navio em que chegava o bispo.” Na frase de abertura da novela  “Crônica de uma morte anunciada”, García Márquez demonstra um estilo mais enxuto daquele que o havia consagrado e dá mostra de seu lado jornalista, sua primeira profissão.



Capa de 'Notícia de um sequestro' (Foto: Divulgação)

4. "Notícia de um sequestro" (1996)

Para esse livro, García Márquez colheu depoimentos de várias pessoas envolvidas nos sequestros ocorridos na Colômbia na década 1990. Ele mistura histórias reais com ficção para retratar, principalmente, a guerra do tráfico de drogas em seu país natal. O livro traz reportagens sobre o cotidiano dos cativeiros, as negociações entre traficantes, e a repercussão na vida dos parentes das vítimas.




Capa de 'Viver para contar' (Foto: Divulgação)

5. "Viver para contar" (2002)

Sua autobiografia narra o início de sua carreira como escritor e as origens do realismo fantástico – gênero literário consagrado por García Márquez. Em 2012, Jaime García Márquez, irmão de Gabo, que dirige a Fundação Novo Jornalismo Ibero-Americano (FNPI), lamentou que ele não tivesse mais condições de escrever a segunda parte do livro.

Fonte: G1
Informação: Telenoticias Mundial

Nobel de Literatura, colombiano morreu aos 87 anos na Cidade do México.
Ele escreveu 'Cem anos de solidão' e 'O amor nos tempos do cólera'.

 

Logo após a divulgação da notícia de sua morte, na tarde de quinta (17), Gabriel García Márquez se tornou trending topic mundial, assunto com maior número de citações no Twitter. Diversos tópicos relacionados ao escritor estiveram na lista durante o resto do dia, sendo o primeiro a aparecer #MurióGabrielGarcíaMarquez.

#GraciasGabo, em referência ao seu apelido na América Latina, e nomes de alguns de seus livros mais famosos também surgiram, em espanhol e inglês, como Cien Años de Soledad e Love in the Time of Cholera.

Escritores, políticos e celebridades lamentaram publicamente a morte. Veja abaixo.
Juan Manuel Santos, presidente da Colômbia, no Twitter
“Mil anos de solidão e tristeza pela morte do maior colombiano de todos os tempos! Solidariedade e condolências a sua família.”

Dilma Rousseff, presidente do Brasil, no Twitter
"Foi com tristeza que soube da morte do escritor colombiano Gabriel García Márquez. Dono de um texto encantador, Gabo conduzia o leitor pelas suas Macondos imaginárias como quem apresenta um mundo novo a uma criança. Seus personagens singulares e sua América Latina exuberante permanecerão marcados no coração e na memória de seus milhões de leitores."

Barack Obama, presidente dos Estados Unidos, em nota oficial
"O mundo perdeu um de seus maiores escritores visionários - e um dos meus favoritos."
Enrique Peña Nieto, presidente do México, no Twitter
"Em nome do México, expresso meu pesar pelo falecimento de um dos maiores escritores de nossos tempos: Gabriel García Márquez."

Ollanta Humala, presidente do Peru, no Twitter
“A América Latina e o mundo inteiro sentiram a partida desse sonhador. Descanse em paz, Gabriel García Márquez, lá em Macondo.”

Rafael Correa, presidente do Equador, no Twitter
“Nos deixou Gabo, teremos anos de solidão, mas ficam suas obras e seu amor pela ‘Pátria grande’. Até a vitória sempre, Gabo querido!”
Mario Vargas Llosa, escritor peruano e 'rival' de García Márquez, à emissora de TV peruana Canal N
“Morreu um grande escritor cujas obras deram grande difusão e prestígio à literatura de nossa língua. Seus livros o sobreviverão, continuarão a ganhar leitores. Envio meus pêsames a sua família.”
Ferreira Gullar, poeta brasileiro, em depoimento para a Globo News
“Ele tinha uma grande originalidade. Era a maior figura do realismo mágico. Ele tinha uma qualidade literária excepcional, além do que está nos contando, além da magia da sua ficção. Ele criou um mundo novo, como todo artista cria. A nossa América é outra coisa após o realismo mágico e escritores como García Márquez.”

Isabel Allende, escritora chilena, no Facebook


"Acabo de saber com profundo pesar que Gabriel García Márquez morreu. O único consolo é que sua obra é imortal. Poucos livros conseguem sobreviver ao implacável teste do tempo, pouquíssimos autores são lembrados, mas García Márquez está entre os clássicos da literatura universal. Ele é o escritor mais importante da América Latina em todos os tempos, a voz do realismo mágico e o pilar da explosão da literatura latino-americana. Ele narrou a América Latina ao mundo e mostrou a nós, latino-americanos, nossa própria imagem no espelho de suas páginas. Somos todos de Macondo. Todos os escritores de língua hispânica que vieram antes e depois ele têm como parâmetro seu imenso talento. Sua influência inegável é como a maré; ela vem e vai em ondas. Devo a ele o impulso e a liberdade de me lançar à literatura. Em seus livros encontrei minha própria família, meu país, as pessoas que conheci minha vida inteira, a cor, o ritmo e a abundância de meu continente. Meu maestro morreu. Não ficarei de luto por ele por que não o perdi: continuarei a ler suas palavras de novo e de novo..."


Luis Fernando Verissimo, escritor brasileiro, em depoimento para a Globo News
"Sem dúvida é uma grande perda. Foi um grande escritor latino-americano. Era um escritor universal. Lido e entendido em qualquer lugar.”
Nélida Piñon, escritora brasileira, à Agência Efe


“É uma perda difícil para todos. Uma perda que evoca grandes memórias. Mas pelo menos podemos nos conformar com a ideia que podemos preencher esse vazio com a grande obra que ele nos deixou. É lógico que vai deixar um grande vazio, mas, inclusive quando estivemos afastados, ele sempre emitiu sinais de grandeza. Cada vez que nos deixava ver uma página sua, nos garantia que o talento é possível, que a literatura se justifica e que as palavras podem encher as ânsias da humanidade.”


Roberto DaMatta, antropólogo brasileiro, em depoimento para a Globo News


“É uma grande tristeza para todo mundo que a ama a literatura. A obra dele fica com a gente e pode ser revisitada. A hora que quiser falar com García Márquez, pegue um livro dele e leia. Não conheço a obra dele muito bem, mas o que mais me impressionava foi que eu não conseguia parar de ler. É um dos escritores raros. Ele trabalha não só a forma, mas a história que está contando. São livros excepcionais. São clássicos.”
Shakira postou foto em que aparece abraçada a Gabriel García Márquez (Foto: Reprodução/Instagram/Shakira)Shakira postou foto em que aparece abraçada a
Gabriel García Márquez (Foto: Reprodução/
Instagram/Shakira)
Shakira, cantora colombiana, no Twitter
"Querido Gabo, uma vez você disse que a vida não é aquilo que alguém vive, mas sim aquilo de que alguém se lembra e a forma como se lembra para contar...sua vida, querido Gabo, lembraremos dela como um presente único e inigualável, e como o mais original dos relatos. É difícil nos despedirmos de você, já que nos deu tanto! Você ficará para sempre comigo e com todos nós que te estimamos e admiramos."
Juanes, cantor colombiano, no Twitter
"Um dos maiores de todos parte, mas uma lenda imortal permanece... obrigado Gabriel García Márquez."
Carlos Valderrama, ex-jogador da seleção colombiana de futebol, no Twitter
"Morre o ser humano, vive sua lenda. Gabo, que sempre nos fez sonhar no mundo com suas letras, nos abandonou. Descase em paz. #Gaboparasempre."
Jaime Abello Banfi, diretor geral da Fundação Gabriel García Márquez para um Novo Jornalismo Iberoamericano (FNPI), em comunicado oficial

"Nosso querido Gabriel García Márquez se foi fisicamente, mas permanece vivo entre nós através de suas ideias, seus escritos, sua memória nas milhões de pessoas que o amamos no mundo todo e o legado representado no trabalho de suas fundações e escolas de jornalismo e cinema...Gabo viveu uma vida plena e incomparável. Vamos nos lembrar dele como um grande criador, um homem cheio de sabedoria, humor e ternura, um trabalhador incansável, que soube mostrar-nos que a melhor maneira de aproveitar uma jornada é seguindo a vocação com a obstinação e a disciplina que dão base ao talento e paixão... Obrigado, Gabo. Obrigado, professor dos professores."

Continue lendo: CLIQUE AQUI


Fonte: G1
Informação: Telenoticias Mundial

Autor colombiano ficou internado com infecção respiratória e pneumonia.
Ele escreveu 'Cem anos de solidão' e 'O amor nos tempos do cólera'.

 

Morreu o escritor colombiano Gabriel García Márquez, aos 87 anos, informou o perfil oficial do autor no Facebook nesta quinta-feira (17). A notícia foi confirmada por uma fonte próxima ao escritor à agência Associated Press. Ele ficou internado com pneumonia e infecção respiratória na Cidade do México, onde morava, entre o fim de março e início de abril. García Márquez estava em casa e lutava contra um câncer linfático desde 1999.

Em julho de 2012, o mais novo de seus dez irmãos, Jaime García Márquez, revelou que o autor sofria de demência senil “há alguns anos” e que estava lutando contra a perda de memória. O escritor era casado com Mercedes Barcha Pardo desde 1958. Eles tiveram dois filhos: Rodrigo, que nasceu em 1959, e Gonzalo, nascido em 1962.

Considerado um dos mais importantes escritores do século 20 e um dos mais renomados autores latinos da história, Gabriel García Márquez nasceu em 6 de março de 1927, em Aracataca, na Colômbia. Chegou a estudar direito e ciências políticas na Universidade Nacional da Colômbia, mas não concluiu o curso, preferindo iniciar carreira no jornalismo.
Seu primeiro romance, “A revoada (O enterro do diabo)”, foi escrito no início da década de 1950, mas publicado apenas em 1955, por iniciativa de amigos, enquanto ele estava na Europa. Já tendo como cenário a cidade de Macondo, que apareceria em outras de suas obras, o livro tinha como narradores três personagens, um velho coronel, sua filha e o neto, ainda criança. O sucesso internacional, no entanto, veio principalmente após a publicação de seu romance mais famoso, “Cem anos de solidão”, em 1967.
Post no Facebook oficial de García Márquez anuncia a morte do autor (Foto: Reprodução/Facebook/García Márquez)Post no Facebook oficial de García Márquez anuncia a morte (Foto: Reprodução/Facebook/García Márquez)
VALE ESTE - Linha do tempo - Gabriel García Márquez (Foto: G1)
Obra-prima de García Márquez, "Cem anos de solidão" vendeu, até hoje, mais de 50 milhões de exemplares. É considerado, ao lado de “Dom Quixote”, de Miguel de Cervantes, um dos livros mais importantes da literatura em língua espanhola. Foi traduzido para 35 idiomas. Exemplo máximo do realismo fantástico – gênero característico do boom latino-americano da segunda metade do século XX –, “Cem anos de solidão” se passa na fictícia aldeia de Macondo e acompanha, ao longo de gerações, a saga da família Buendía.
Entre seus títulos mais conhecidos estão ainda “A incrível e triste história de Cândida Eréndira e sua avó desalmada”, “O outono do patriarca”, “Crônica de uma morte anunciada”, “Do amor e outros demônios”, “Memórias de minhas putas tristes” e “O amor nos tempos do cólera”.
“Foi a época em que fui quase completamente feliz. Gostaria que minha vida tivesse sido como naqueles anos em que escrevi ‘O amor nos tempos do cólera’”, afirmou García Márquez ao “New York Times” três anos após a publicação de “O amor nos tempos do cólera”. Aqui, o autor resgata a verdadeira história da paixão de seu pai, também Gabriel, por Luiza, sua mãe. O pai dela reprovava a relação e conspirava contra. No livro, o casal se chama Florentino e Fermina. “Todas essas coisas para mim são parte da nostalgia. Nostalgia é uma fonte incrível para inspiração literária, para inspiração poética”, comentou na mesma entrevista ao “New York Times”.

Márquez recebeu o Prêmio Nobel de Literatura em 1982 pelo conjunto de sua obra. Foi o primeiro colombiano e quarto latino-americano a receber o prêmio, e, na ocasião, agradeceu com um discurso intitulado “A solidão na América Latina”.

“El Gabo”, como era conhecido na América Latina, continuou escrevendo até o final da década de 90, mas seu trabalho foi reduzido a partir de 1999, quando recebeu o diagnóstico de um câncer linfático. Em 2002, ainda em tratamento, publicou sua autobiografia, “Viver para contar”. A aposentadoria oficial do escritor foi anunciada em 2009 por agentes literários.
García Márquez casou-se com Mercedes Barcha Pardo em 1958, e no ano seguinte nasceu o primeiro filho do casal, Rodrigo. Roteirista e diretor de TV e cinema, Rodrigo García dirigiu filmes como “Questão de vida” e “Albert Nobbs” e episódios de diversas séries, como “Família Soprano” e “A sete palmos”, além de ser o criador da adaptação americana da série “In treatment”. O seriado israelense ganhou versões em diversos países, incluindo o Brasil, onde recebeu o nome de “Sessão de terapia” e foi produzida pelo canal GNT. Nascido em 1962, no México, o filho mais novo do escritor, Gonzalo, é designer gráfico.
 
Fonte: G1
Informação: Telenoticias Mundial

 

Fonte: Reprodução/SCMP


Seul (AE) – O governo da Coreia do Sul afirmou que 295 pessoas seguem desaparecidas, após um navio afundar na costa sul do país. No total, duas pessoas morreram e 14 ficaram feridas. Entre os tripulantes, 325 eram alunos de ensino médio.


Anteriormente, autoridades sul-coreanas afirmavam que 100 pessoas estavam desaparecidas após o acidente, mas esse número foi revisto e alterado para 295.


O ferry transportava 476 pessoas e tinha como destino a ilha de Jeju quando emitiu um alerta na manhã de quarta-feira, no horário local, após começar a se inclinar para um lado, afirmou o Ministério da Segurança e da Administração Pública. O governo disse que cerca de 95% da embarcação está submersa.


O estudante Lim Hyung-min disse à rede de televisão YTN que ele e outros alunos saltaram no oceano com um colete salva-vidas e nadaram a um bote de resgate. Kim Seong-mok, também em entrevista à YTN, disse que algumas pessoas estavam presas no navio porque a inundação foi muito rápida e a inclinação impediu algumas pessoas de alcançarem as saídas.


Kim disse que estava tomando café da manhã quando sentiu o ferry inclinar, e então ouviu uma batida. Ele disse que o operador fez um anúncio para que todos os passageiros esperassem e não se movessem, e não se lembra de ter ouvido algum anúncio pedindo aos passageiros para escaparem.


A temperatura da água estava a cerca de 12 graus, o suficiente para provocar sinais de hipotermia após 90 minutos a 120 minutos, segundo um funcionário da equipe de resgate. Os alunos são de uma escola em Ansan, próxima a Seul, e estavam em uma viagem de quatro dias. O ferry partiu do porto de Incheon, ao oeste de Seul, na tarde de terça-feira.


Segundo Lee Gyeong-og, vice-ministro do Ministério da Segurança e da Administração Pública, 16 helicópteros e 34 barcos de resgate foram enviados ao local, além de mergulhadores.

Fonte: Associated Press
Informação: Telenoticias Mundial


No mundo da notícia tem de tudo. Nós repórteres nos deparamos com todo tipo de situação que no final pode virar notícia. Hoje pela manhã, por volta dás 09h no centro da cidade, foi abordado por um ex-presidiário do artigo 155 (furto) e um 157 (assalto), pelo crime de assalto puxou 2 anos de cadeia.  Não foi uma abordagem fazendo de mim mais uma vítima, graças a Deus que não. O rapaz me implorava para fazer uma declaração, uma entrevista, contando a sua situação de rejeição que vem sofrendo na sociedade ipuense. Me disse que tem procurado se regenerar, se ressocializar, mas não tem encontrado essa abertura, o apoio dos seus concidadãos. Tem pedido emprego, qualquer trabalho digno, e só tem recebido não. Todas as portas estão se fechando diante dele. E continuou o desabafo, "Não aguento mais essa situação, as pessoas querem que a gente mude, mas não dão oportunidade, depois quando a gente apronta, são os primeiros a condenar." Disparou... as palavras, o homem sem grandes perspectivas na vida. Agora é a revelação, o ex-presidiário, é um homem que responde pela alcunha de Buriti, nome de batismo: Francisco Jesus de Araújo 26 anos de idade. Ouça o desabafo do velho Buriti de guerra:

Ouça entrevista: CLIQUE AQUI
Fonte: Repórter Francisco José via Aconteceu Ipu
Informação: Telenoticias Mundial

A presidente Dilma Rousseff (PT), pré-candidata à reeleição, oscilou um ponto porcentual para menos e continua em primeiro lugar, com 40% das intenções de votos, de acordo com pesquisa Vox Populi/CartaCapital divulgada nesta quarta-feira, 16. O levantamento mostra que, juntos, os rivais Aécio Neves (PSDB), Eduardo Campos (PSB) e Pastor Everaldo Pereira (PSC) totalizam 26% das intenções de voto. 
Em segundo lugar, está Aécio, que também oscilou um ponto para baixo - de 17% para 16%. Campos, que anunciou esta semana a ex-senadora Marina Silva (PSB) como a pré-candidata a vice em sua chapa, tem 8% - ante 6% em fevereiro. Pastor Everaldo tem 2% das intenções de voto. Levy Fidelix (PRTB), Randolfe Rodrigues (PSOL), Eymael (PSDC) e Mauro Iasi (PCB) não pontuaram. Na pesquisa anterior, todos os candidatos considerados "nanicos" não somavam mais de 1% nas intenções de voto. Votos em branco ou nulos se mantiveram em 15% na pesquisa divulgada hoje. O número dos que não sabem em quem votar ou que não responderam à pesquisa é de 18% - ante 20% no levantamento anterior. A margem de erro do levantamento é de 2,1 pontos porcentuais. Foram ouvidos 2.200 eleitores em 161 municípios de todos os Estados, menos Roraima, e no Distrito Federal, entre os dias 6 e 8 de abril. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral no último dia 11, sob o número BR-00075/2014.
Fonte: O Estadão via Jornal O Povo/ Aconteceu IPU
Informação: Telenoticias Mundial

A Polícia Civil abriu investigação para identificar os autores de uma página aberta de uma rede social, em que adolescentes do Distrito Federal compartilham vídeos e fotografias íntimas. 
Mais de 20 mil internautas curtiram a página “Esparro Mix – DF” e acompanham as publicações que vão desde meninas nuas a cenas de sexo entre casais de adolescentes.
 
Veja o vídeo: CLIQUE AQUI

Fonte: Rede Record via Aconteceu IPU
Informação: Telenoticias Mundial

A Justiça argentina condenou a oito anos de prisão um homem que batia tanto na mulher que a deixou cega, em um caso que causou grande comoção e ilustra o drama da violência doméstica no país. O caso ganhou destaque nos jornais não apenas pela brutalidade sofrida por Susana Raquel Gómez, de 30 anos, como também pelo fato de ela ter feito 14 denúncias de agressão do marido antes de perder a visão, em julho de 2011. Fiquei cega e muda. Eu estava em choque e não podia falar', contou ela à BBC Brasil pelo telefone. 
'A minha voz voltou, mas só por milagre de Deus poderei voltar a enxergar'. Seu marido, Carlos Ariel Goncharuk, de 37 anos, foi condenado nesta semana. Susana contou que, antes de ficar cega, tinha fugido de casa com os quatro filhos pequenos e que, com o apoio da mãe, fez plantão num tribunal de justiça até conseguir um refúgio. 'Eu fico feliz quando penso que sobrevivi para contar e que apesar de cega, posso falar, me expressar e cuidar dos meus filhos. Outras não sobreviveram', afirmou. Susana mora com os filhos na cidade de La Plata, na província de Buenos Aires. 'Só lamento que não vou poder vê-los nunca mais.' Os filhos dela têm hoje 4, 6, 8 e 10 anos. Ela disse que o marido a golpeava diante das crianças. 'Ele me jogava contra a parede, batia na minha cabeça e me insultava. Tudo diante dos meus filhos. Eu ficava toda marcada e ele só me deixava sair, com ele do lado, quando as marcas passavam', disse. Susana e o advogado dela, Darío Witt, contaram que ouviram de especialistas que a cegueira teria sido resultado dos 'golpes seguidos'. 'Ele ia comigo até ao médico e no caminho dizia que me jogaria do trem se eu contasse que a cegueira podia ser resultado da brutalidade dele. Foi um calvário.'
Fonte: R7 via Aconteceu Ipu
Informação: Telenoticias Mundial

Em entrevista ao canal ESPN, Romário disse que, ele, a exemplo de milhões de brasileiros, foi enganado por Lula, Dilma e Ricardo Teixeira, pois, a divulgação inicial dos gastos da copa do mundo é de que seriam oriundos em 90 % de fundos privados, agora ao fim das obras, aproximadamente 98% dos gastos são de verbas públicas, dinheiro que deveria ser gasto em demandas nacionais urgentes, como saúde, educação e mobilidade urbana. O baixinho ainda criticou os superfaturamentos que tem feito muitos ficarem mais ricos com as obras da copa e diz que tem se tornado algo banal- “estamos vendo essa roubalheira aí direto”.

Veja a entrevista: CLIQUE AQUI
Fonte: Revolta Brasil via Aconteceu IPU
Informação: Telenoticias Mundial

Fonte: Roberto Stuckert Filho/PR


Por Victor Martins, Laís Alegretti e Rafael Moraes Moura

Brasília (AE) – Em discurso durante reunião do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES), no Palácio do Planalto, a presidente Dilma Rousseff disse nesta quinta-feira, 16, que o Brasil está preparado para grandes eventos. Afirmou que muito foi aprendido com o Rio+20 e com a Copa das Confederações, mas admitiu que Copa do Mundo “é outra questão”. Ela defendeu que a Copa tem de ser segura e confortável. Segundo a presidente, o País ficará com o legado da Copa, principalmente o de mobilidade.


A presidente ainda afirmou que o governo não vai compactuar com violência e que vai usar o Exército, a Polícia Federal e a Rodoviária Federal para garantir a segurança durante o evento. “Copa é uma responsabilidade do governo federal, não descartamos nossa responsabilidade”, disse. Dilma destacou, ainda, que a reunião dos Brics, sigla que reúne Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul, ocorrerá após a Copa do Mundo, em Fortaleza.

Fonte: AFP PHOTO / CESAR MANSO


Além de perder o título da Copa do Rei para o Real Madrid por 2 a 1 no jogo de ontem, o Barcelona ficou sem dois de seus titulares para o restante da temporada. Tanto o atacante Neymar como o lateral-esquerda Jordi Alba se machucaram e devem ficar até quatro semanas longe dos gramados.


De acordo com a equipe médica do Barcelona, Neymar sofreu uma contusão que lesionou um osso do pé esquerdo, provocando um edema. Alba, por sua vez, sofreu uma lesão muscular na perna direita. Como o próximo jogo do time é no dia 18 de maio, os dois podem se considerar praticamente fora do fim da temporada.


Fonte: Baixaki em Resumo
Informação: Telenoticias Mundial

O repórter Francisco José foi fazer hoje (17/04) no período da manhã uma sondagem na feira do peixe, que acontece nas dependências do Mercado Público de Ipu. 

O movimento estava muito grande, a oferta estava de acordo com a demanda, muitas opções para o consumidor, com relação ao preço, o vendedor disse que estava bem acessivo, já o freguês... achou bem "salgado." 

Divergências a parte, o peixeiro estava vendendo bastante, e a procura estava grande. Afinal neste período, o peixe é a principal alternativa. O peixe que inclusive foi instrumento de um dos conhecidos milagres de Jesus, o da multiplicação.

Outros alimentos intensamente consumidos nos chamados dias santos, também são: Queijo e ovos. Já o preço do queijo, valoriza demais o leite da vaca na Semana Santa, imagina na Índia que a vaca é sagrada. O queijo está de R$ 20,00 pra cima o quilo. No preço do peixe há variações, depende do tamanho, da quantidade em um cambo e da espécie de peixe. Os preços que eu pesquisei: 15, 20 e até de R$ 30,00.


Tirando os preços inflacionados dos produtos comuns nas mesas dos cristãos na Semana Santa, o comércio é bastante aquecido em função do forte apelo por alimentos que neste período são indispensáveis. Fato que movimenta sobremaneira a nossa economia.


Fonte: Repórter Francisco José Via Ipu do Povo
Informação: Telenoticias Mundial

Durante a Semana Snta, como já de costume, os cristão não comem carne em respeito a data em especial, devido a este costume da antiguidade, durante a Semana Santa há um aumento considerável do consumo de peixe em todo o país, este é um costume que prega a Igreja Católica.



Outro costume bem típico da Semana Santa, é a realização dos de Jejuns, é o costume dos Católicos ficarem de jejum durante um dia, da mesma maneira que acontecerá há mais de 2 mil anos atrás. Então devido a esses costumes que são atribuídos  nessa época, o consumo do peixe aumenta bastante.



O Portal de Notícias Aconteceu Ipu, foi atrás dos preços dos dois principais itens que são utilizados na Semana Santa, sendo eles o peixe e o outro, o Queijo.

O Blog/Site, Aconteceu Ipu do nosso queridíssimo e amigo, Afrânio Soares esteve realizando no dia de hoje, Quinta-feira da Semana Santa, uma blitz pela feira do peixe, na cidade de Ipu, no interior do Estado do Ceará, na Região Norte do Ceará.

O Repórter Raimundo Cardoso, esteve na feira do peixe, nesta Quinta-feira, 17 de Abril de 2014, atrás de saber, como anda os preços dos principais alimentos, que sempre são utilizados na Semana Santa, o peixe e o queijo.

Chegou abordar também o preço do feijão verde, que é outro alimento do prato do brasileiro, principalmente do nordestino, que durante essa época, começa a fazer a colheita das duas plantações, devido a época do inverno no Nordeste do Brasileiro nesta época de Semana Santa. 

Acompanhem a matéria completa: CLIQUE AQUI


Matéria: Jardel Pessoa
Informação: Telenoticias Mundial

A central de Fukushima irá gerar até 2027 mais de 560.000 metros cúbicos de resíduos radioativos.
A central de Fukushima irá gerar até 2027 mais de 560.000 metros cúbicos de resíduos radioativos.
REUTERS/Tomohiro Ohsumi/Pool/Files

RFI
A autoridade de regulação nuclear do Japão anunciou nesta terça-feira (15) que irá exigir da companhia Tepco um reforço na vigilância das instalações da usina de Fukushima após a descoberta de um problema que pode ter sido provocado por um erro deliberado.

No último final de semana, quatro bombas que funcionavam erroneamente, despejaram grandes quantidades de água altamente radioativa em diversos prédios da central, atingida por uma tsunami em março de 2011.
"É necessário reforçar a gestão dos equipamentos para prevenir erros desse tipo", disse Toyoshi Fuketa, representante da Autoridade Nuclear, durante uma reunião semanal. A companhia Tokyo Eletric Power poderá instalar câmeras e outros sistemas de controle perto de equipamentos cruciais como painéis elétricos.
No final da semana passada, quatro bombas que estavam funcionando por engano provocaram o vazamento de água radioativa em diversos prédios da usina. O subsolo dos dois depósitos ficou inundado.
Segundo a Tepco, 203 metros cúbicos se espalharam nos locais utilizados para incineração, situados próximos dos reatores. A água possui um teor de Césio radioativo avaliado em 37 milhões de becquerels por litro.
A companhia assegurou que vai investigar as razões deste erro. Um outro pequeno acidente ocorreu hoje, segundo a Tepco. Cerca de 1,1 metro cúbico de água transbordou de uma reservatório durante as operações de limpeza do sistema de descontaminação.
A gestão de água contaminada é um dos principais problemas enfrentados pela Tepco, que não sabe o que fazer com as centenas de milhares de metros cúbicos acumulados nos prédios e reservatórios.



Fonte: Rfi Português
Informação: Telenoticias Mundial

Investigadores trabalharam para identificar sinais das caixas-pretas do voo MH370 da Malaysia Airlines.
Investigadores trabalharam para identificar sinais das caixas-pretas do voo MH370 da Malaysia Airlines.
REUTERS/Australian Defence Force/Handout via Reuters

O primeiro-ministro da Malásia, Tony Abbott, disse nesta sexta-feira (11) estar “muito confiante” que os sons detectados no sul do Oceano Índico sejam das caixas-pretas do voo MH370, que desapareceu no dia 8 de março, após decolar do aeroporto de Kuala Lumpur em direção à Pequim.

A Austrália coordena as operações de busca na região onde supostamente caiu o Boeing 777 da Malaysia Airlines com 239 pessoas a bordo. O vasto dispositivo naval e aéreo mobilizado na área de buscas do avião nada havia identificado até o último final da semana passada, quando foram detectados sinais emitidos em alta freqüência, idênticos aos produzidos pelas balizas das caixas pretas.
“Nós reduzimos bastante o perímetro de buscas e estamos muito confiantes de que os sinais detectados sejam das caixas-pretas”, disse Abbot em Xangai, onde se encontra em visita oficial. Os investigadores estão numa corrida contra o tempo para localizar as caixas-pretas antes que as balizas sonoras deixem de emitir sinais devido ao fim da duração das baterias. Teoricamente, a duração delas é de 30 dias.
.
“Nós chegamos ao ponto em que o sinal, que acreditamos muito de que seja das caixas pretas, começa a se tornar mais fraco”, disse Tony Abbott, em entrevista à Sky News. “Nós esperamos ter o maior número de informações possíveis, antes do fim definitivo da emissão do sinal”, disse.
O primeiro-ministro australiano não quis dar maiores detalhes antes de informar o presidente chinês Xi Jinping dos últimos resultados das investigações. Quatro sinais foram identificados por uma sonda americana, transportada por um navio da Marinha australiana, que se desloca em baixa velocidade para captar sinais sonoros.
China suspende envio de pandas à Malásia
A China suspendeu por tempo indeterminado o envio à Malásia de um casal de pandas devido à tensão entre os dois países após o desaparecimento do voo MH370. A informação foi confirmada nesta sexta-feira por um membro do governo malaio. Dos 239 passageiros a bordo do avião, 153 eram chineses.
Um acordo assinado em 2012 previa o envio dos dois pandas para a Malásia a partir do dia 16 de abril e por um período de dois anos, no âmbito do que ficou conhecida como a “diplomacia do panda”, levada extremamente a sério por Pequim.
A China “espera os resultados (das investigações) sobre o MH370”, indicou à agência AFP o ministro do Meio Ambiente da Malásia, G. Palanivel. Segundo ele, os chineses suspenderam o envio dos pandas, mas podem enviá-los até o final de maio.
Em um comunicado, o ministro afirmou que os pandas Geng Yi e Fu Wa deverão chegar à Malásia em uma “data bastante simbólica”. A expectativa é que seja em 31 de maio, dia que marca o 40° aniversário das relações bilaterais entre os dois países.
A China criticou abertamente as autoridades malaias pela gestão da crise do voo MH370 da Malaysia Airlines. O governo chinês chegou a autorizar os familiares dos passageiros a se manifestarem em frente à embaixada malaia em Pequim.
Segundo a imprensa da Malásia, mais de 30 mil chineses já cancelaram suas férias no país em protesto pelo sumiço do avião. A China é o maior parceiro comercial da Malásia.

Fonte: Rfi Português
Informação: Telenoticias Mundial

O Planeta Vermelho estará a 92 milhões de km da Terra nesta segunda-feira, 14 de abril de 2014.
O Planeta Vermelho estará a 92 milhões de km da Terra nesta segunda-feira, 14 de abril de 2014.
NASA

Na noite desta segunda-feira (14), o planeta Marte estará a 92 milhões de quilômetros da Terra, a sua menor distância em relação ao globo. O Planeta Vermelho, que poderá ser admirado a olho nu ou com telescópio, se aproxima da Terra a cada dois anos e meio..

O fenômeno é causado pelas duas órbitas - a da Terra e de Marte - que não são centradas rigorosamente sobre o Sol, e também pela duração das suas rotações em torno do astro: a Terra gira 365 dias e 6 horas no ciclo de um ano, e Marte roda 687 dias, quase dois anos terrestres.  É a diferença das rotações que causa, a cada 30 meses, a aproximação maior do planeta e a possibilidade de ser visto a olho nu.
Curiosity
Marte sempre apaixonou os fãs da astronomia e milhões de pessoas seguem com paixão todos os detalhes das fotos tiradas pelo robô Curiosity, como uma rocha que se deslocou ou um ponto de luz no alto de uma colina.
A trajetória do Curiosity é decidida pela NASA, na Califórnia, mas o robô também recebe instruções do Cnes, o Centro francês de estudos espaciais, sediado em Toulouse, no sul do país. O centro é encarregado de observar dois aparelhos no robô: o laser ChemCam, que fragmenta a rocha para identificar suas constituição, e Sam, que estuda a atmosfera e a superície do solo marciano.
Desde que aterrissou no Planeta Vermelho, Curiosity já confirmou a existência de água. O próximo passo é determinar há quanto tempo ela está no solo.
Expedição
Com temperaturas abaixo de 60 graus, Marte não é um planeta hospitaleiro.
Atualmente, os astronautas são enviados na órbita terrestre inferior, onde podem passar entre quatro e seis meses na ISS, a Estação Espacial Internacional.

Fonte: Rfi Português
Informação: Telenoticias Mundial

Equipes da guarda costeira fazem resgate de passageiros da balsa que afundou na Coreia do Sul.
Equipes da guarda costeira fazem resgate de passageiros da balsa que afundou na Coreia do Sul.
REUTERS/Kim Kyung-Hoon
RFI
Nesta quinta-feira (17), segundo dia da operação de resgate, equipes sul-coreanas continuam os esforços em busca de ao menos 287 desaparecidos depois do naufrágio de uma embarcação na quarta-feira. Centenas trabalham para encontrar possíveis sobreviventes dentro do navio.
Luiza Duarte, correspondente da RFI na Ásia.
Durante a noite, as equipes de resgate usaram holofotes para procurar pelos sobreviventes, mas os mergulhadores não conseguiram entrar no navio submerso devido às fortes correntes e visibilidade baixa. A marinha americana também enviou na quarta-feira um navio anfíbio para assessorar a missão de resgate, segundo a agência oficial sul-coreana, Yonhap. Os sobreviventes com ferimentos leves, como fraturas e queimaduras, foram transferidos para hospitais na região. As famílias das vítimas estão concentradas no porto de Jindo , próximo ao local da tragédia, a espera de informações.
Mais de 24h depois do acidente, o trabalho de resgate se intensifica em uma corrida contra o tempo em busca de sobreviventes. Ao menos 169 embarcações e 29 aeronaves foram mobilizadas para a missão de resgate coordenada pela guarda costeira e marinha sul-coreana. Dois guindastes de salvamento, para levantar o navio afundado, estão a caminho e devem chegar apenas na sexta-feira, segundo as autoridades do país. A baixa visibilidade e a baixa temperatura da água do mar na zona dificultam as condições de busca.
Na manhã da quarta-feira (16), a embarcação sul-coreana, naufragou com 475 pessoas a bordo, 325 delas estudantes do Ensino Médio de um colégio do subúrbio da capital Seul. Os adolescentes com idade entre 16 e 17 anos estavam acompanhados por 15 professores e partiam em viagem escolar para a ilha Jeju.
Acidente naval mais grave em 20 anos
Um pedido de socorro foi emitido pela embarcação por volta das 9h do horário local, 21h da terça-feira, no horário de Brasília. O acidente ocorreu a 20km da ilha de Byeongpung, no sudoeste da costa sul-coreana. O navio, que realiza o trajeto entre o porto de Incheon, no noroeste do país, e a ilha Jeju, no sudoeste, duas vezes por semana, virou e afundou em um espaço de apenas 2 horas.
A embarcação tem 146 metros de comprimento por 22 de largura e tem capacidade para transportar ao mesmo tempo 921 pessoas, 180 veículos e 152 contêineres. Ela é de fabricação japonesa e foi construída em 1994. Os números que foram confirmados até agora pelas autoridades sul-coreanas indicam que este pode ser um dos acidentes navais mais graves dos últimos 20 anos no país. Foram contabilizados 9 mortos, dezenas de feridos e menos 287 desaparecidos.
Colisão com rocha pode ter sido a causa
As razões do naufrágio ainda são desconhecidas, mas alguns dos sobreviventes afirmam terem ouvido um barulho antes do navio parar de repente e começar a afundar. As condições climáticas eram boas no momento do acidente, segundo a agência local. A hipótese que vem sendo levantada por especialistas é que a embarcação pode ter colidido com uma rocha no fundo do mar.
Na quarta-feira, o segundo vice- ministro de assuntos internos da Coreia do Sul, Lee Gyeong-og, afirmou que o país vai tentar determinar as causas do acidente, depois que as operações de resgate terminarem. Muitos dos passageiros conseguiram saltar no mar vestindo coletes salva-vidas e puderam nadar até os barcos de resgate e embarcações comerciais. O medo é que muitos dos desaparecidos possam estar ainda presos dentro do navio, que possuía nos andares inferiores restaurantes, lojas e espaços de lazer.


Fonte: Rfi Português
Informação: Telenoticias Mundial

Homem fotografa o estádio Itaquerão, em São Paulo, que vai ser palco da abertura da Copa do Mundo.
Homem fotografa o estádio Itaquerão, em São Paulo, que vai ser palco da abertura da Copa do Mundo.
REUTERS/Nacho Doce

RFI
Em sua seção de esporte, o jornal Libération publica uma reportagem descrevendo como o custo de vida aumentou em Itaquera por causa da construção da Arena Corinthians. Para o diário francês, a mudança em ritmo acelerado no bairro popular provocou graves distorções, sobretudo no mercado imobiliário.

A correspondente do jornal em São Paulo, Chantal Reyes, afirma que a Copa do Mundo é cada vez mais impopular no país, devido, sobretudo, ao custo do evento. “Apenas 48% dos brasileiros apóiam a Copa do Mundo. Eles eram 79% há seis anos. Esse descontentamento está no coração da revolta social que explodiu no ano passado em plena Copa das Confederações”, escreve a correspondente.
A jornalista explica que a especulação imobiliária disparou em Itaquera, bairro da zona leste de São Paulo que abriga o estádio da abertura da Copa do Mundo. Perto do Itaquerão, os imóveis foram valorizados em 40%. Em dias de jogos, os apartamentos mais próximos do estádio são alugados a 500 euros por dia. Mas isso não deve durar, segundo especialistas do setor, já que, após a Copa, o estádio não será mais um atrativo comercial.
O jornal também se questiona se o estádio será útil para os próprios torcedores do Corinthians. O clube tem uma das maiores torcidas do Brasil. Entre os torcedores ilustres, está, inclusive, o ex-presidente Lula. “Mas, no país futebol, os ingressos custam cada vez mais caro e os estádios se esvaziam”. Diante desse quadro, a maioria dos brasileiros se contenta em assistir os jogos pela televisão.
Ganhos após o Mundial
Os especialistas em urbanismo ouvidos pelo jornal afirmaram que as obras de infraestrutura em Itaquera foram feitas para facilitar o acesso ao Itaquerão. Ou seja, não devem ter um impacto significativo na vida da população local após a competição.

Fonte: Rfi Português
Informação: Telenoticias Mundial

Carlos Eugênio Lopes, diretor jurídico da CBF, confirma que clube
cearense está de volta para a Série B. Partidas já se iniciam no sábado.

 

Na manhã desta quinta-feira, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) conseguiu derrubar na Justiça comum a liminar do Icasa, na Quarta Vara Cível do Rio de Janeiro, e o Campeonato Brasileiro de 2014 pode começar. Em entrevista ao "Redação SporTV", o diretor jurídico da entidade, Carlos Eugênio Lopes, confirmou que a decisão a favor do clube cearense foi cancelada e a disputa se inicia já no próximo sábado.


O Icasa pedia na Justiça comum a vaga do Figueirense na Série A do Brasileirão. O clube alega que o volante Luan foi escalado irregularmente na partida do time catarinense contra o América-MG no dia 28 de maio de 2013. Mas, de acordo com Carlos Eugênio Lopes, os cearenses perderam o prazo para entrar com ação na Justiça Desportiva e, por isso, a sua ação não tem mérito.


- As medidas também estão sendo tomadas. O Marco Polo del Nero (eleito novo presidente da CBF) já havia demonstrado sua preocupação neste aspecto e determinou a implantação do aperfeiçoamento do sistema. E isso está sendo adotado no departamento de registros e transferências da CBF.

São centenas de casos, e no processo do jogo entre o Figueirense e América-MG houve um erro, porque não foi comprovada a escalação irregular do jogador Luan. Mas esse jogo ocorreu no dia 28 de maio. E o Icasa somente percebeu e se rebelou contra a infração em dezembro de 2013, depois de consumada a prescrição, que no caso é de 60 dias - disse o diretor.

O Icasa entrou com ação no Superior Tribunal de Justiça Desportiva no dia 7 de fevereiro deste ano. O STJD arquivou o caso, alegando justamente que o clube cearense perdeu o prazo para entrar com uma ação.

Assim, a tabela das Séries A e B estão mantidas. No sábado, o Figueirense duela com o Fluminense, no Maracanã, pela primeira divisão. No mesmo dia, o Icasa tem confronto com a Ponte Preta, em Campinas.
Carlos Eugênio Lopes afirmou ainda que, se os clubes não aceitarem as decisões do STJD, o futebol brasileiro ficará sempre travado na Justiça comum.

- Realmente, é uma medida que se faz absolutamente necessária, diante dessas repetidas ações de clubes na Justiça comum, insatisfeitos com as decisões proferidas pela Justiça Desportiva. Se prevalecer esse entendimento, essa posição, o futebol brasileiro tem um futuro negro, porque estará comprometido completamente.

Nenhuma competição terminará mais após o julgamento do STJD. Os clubes entenderão que terão mais uma instância, na Justiça comum, para recorrer contra os resultados da Justiça Desportiva. Isso é impossível de acontecer. A Constituição Federal obriga que o processo desportivo se inicie e se conclua em 70 dias. Com as ações na Justiça comum, isso é impossível.

Vejam o complemento: CLIQUE AQUI


Fonte: SPORTV
Informação: Telenoticias Mundial

 

Decisão que beneficia o Figueirense foi revertida na madrugada desta sexta-feira, no Rio de Janeiro.

 

CBF derruba liminar que dava direito ao Icasa de disputar a Série A Flávio Neves/Agencia RBS
Decisão da Justiça ainda não foi publicada no site do Tribunal de Justiça carioca Foto: Flávio Neves / Agencia RBS
 
A rádio CBN Diário divulgou no começo da manhã desta quinta-feira que a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) conseguiu derrubar a liminar que dava o direito ao Icasa de disputar a Série A do Brasileirão de 2014. A informação do jornalista Carlos Alberto Ferreira é de que a decisão foi tomada às 4h desta quinta.
 
No site do Tribunal de Justiça (TJ) do Rio de Janeiro ainda consta como última decisão a que foi publicada quarta-feira à tarde em que a CBF não teve sucesso na primeira tentativa de derrubar a liminar concedida pela Justiça Comum ao Icasa.

A entidade argumentou, usando os processos do caso Lusa, que havia um conflito de competência em relação às brigas pelo acesso à Série A do Brasileiro, e queria levar o caso para a 2ª Vara Cível do Rio. Mas a juíza da 4ª Vara Cível deu uma resposta negativa e manteve de pé a inclusão do time cearense na elite do futebol nacional.

A diretoria do Figueirense foi procurada pela CBN para se manifestar sobre o caso, mas disse que só vai falar quando houver a publicação oficial no TJ.

Fonte: Zero Hora e CBN
Informação: Telenoticias Mundial

 

Campeonatos Nacionais Pelo Mundo

Faça sua pesquisa

Carregando...

1

2